VITORIOSO 3º ENCONTRO RONDONIENSE DE ESTUDANTES DE PEDAGOGIA!

Nos dias 09 e 10 de junho a Executiva Rondoniense de Estudantes de Pedagogia (ExROPe) realizou o vitorioso III Encontro Rondoniense de Estudantes de Pedagogia no campus da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) de Rolim de Moura. Participaram do encontro estudantes de graduação e pós-graduação de Pedagogia e Licenciaturas, professores do ensino básico e superior e ativistas em defesa do Ensino Público vindos de Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Manaus (AM), além dos participantes da cidade-sede do evento.

O Encontro foi marcado por elevados níveis de politização e combatividade do início ao fim. Na primeira mesa – Situação política nacional e seus reflexos na Educação – os respectivos representantes da Frente Revolucionária de Defesa dos Direitos do Povo (FRDDP) e do Movimento Classista dos Trabalhadores em Educação (Moclate) fizeram exposições acerca da crise sem precedentes que assola o Brasil e o mundo, seus desdobramentos e a resistência das massas em todo mundo. Ainda no primeiro dia de Encontro ocorreu a mesa Marxismo e Educação, onde a professora convidada expôs a concepção marxista da educação, bem como suas decorrências mais avançadas até hoje: as vitoriosas experiências da Educação Socialista na URSS (1917-1956) e na China Socialista (1949-1976). Essa mesa foi seguida de um animado Grupo de Discussão sobre o tema.

No segundo dia as atividades foram abertas com a exibição do vídeo Vitoriosa Jornada de Lutas! da ExNEPe, seguida da mesa sobre a Defesa da Gratuidade, da Democracia e da Autonomia da Universidade Brasileira e a Falsa regulamentação da Profissão de Pedagogo. As palestrantes convidadas expuseram os mais recentes ataques à universidade brasileira e à formação de professores – destacadamente o PL 6847/2017 – e as lutas de resistência contra esses ataques empreendidas por estudantes, professores e servidores públicos.

Na tarde do dia 10, os participantes do Encontro reuniram-se na Plenária Final para deliberar o Plano de Lutas da ExROPe (abaixo) para 2018/2019 e eleger a nova diretoria da Executiva e os representantes rondonienses na ExNEPe. Antes de inciar as discussões na Plenária foi exibido o vídeo do XXII FONEPe e foram lidas as resoluções desse Fórum. Nas discussões que seguiram os estudantes expuseram seu compromisso em mobilizar os estudantes de Rondônia para que uma delegação do estado se faça presente no 38º ENEPe; além do compromisso com a defesa do ensino público, gratuito e a serviço do povo e sua disposição em seguir lutando contra as políticas reacionárias do MEC ditadas pelo Banco Mundial. Foi eleita a nova diretoria da Executiva Rondoniense, bem como os representantes na ExNEPe e foi definida a cidade-sede do IV EROEPe, que em 2019 ocorrerá em Ariquemes. No balanço de encerramento do III EROEPe todos avaliaram o Encontro como sendo vitorioso e reafirmaram sua decisão em seguir lutando!

VIVA O VITORIOSO III ENCONTRO RONDONIENSE DE ESTUDANTES DE PEDAGOGIA, RUMO AO 38º ENEPe!

ABAIXO O IMOBILISMO! ExNEPe É PRA LUTAR!

AQUI SE PRATICA LUTA!

III_EROEPe_4


Resoluções

I. Mobilização para o 38º ENEPe

  1. Mobilizar para o 38º ENEPe e solicitar da universidade transporte (ônibus) imediatamente onde não tiver sido solicitado. Bem como, acompanhar o andamento das solicitações efetuadas.

  2. Criar comissões de mobilização nas cidades de Rolim de Moura, Porto Velho, Ariquemes, Manaus, Humaitá para o 38º ENEPe.

  3. Fazer listas de estudantes interessados para participar do 38º ENEPe.

  4. Realizar Pré-Enepes até 30 de junho, mobilizando, além dos estudantes de pedagogia e licenciatura, professores da educação básica.

  5. Realizar discussões sobre o projeto da falsa-regulamentação da profissão do pedagogo (PL 6847/2017) e sobre a BNCC.

  6. Vincular todos os debates e discussões aos temas do 38º ENEPe.

II. Plano geral de lutas

  1. Organizar audiência pública sobre a falsa regulamentação da profissão do pedagogo.

  2. Lutar pela gratuidade, democracia e autonomia das escolas e universidades.

  3. Vincular o debate histórico sobre a Revolta de Córdoba à conjuntura atual da universidade brasileira.

  4. Apoiar as lutas de estudantes e professores em defesa da educação pública bem como o conjunto das lutas populares em curso.

  5. Incentivar a participação dos estudantes nas discussões políticas nas entidades representativas de profissionais do ensino (sindicatos de professores, etc).

  6. Combater a perseguição fascista a professores e estudantes democráticos; defender a democracia e ampla liberdade de discussão e a livre organização nas escolas e universidades.

  7. Combater a censura à pesquisa científica e demais atividades acadêmicas que venham a contrariar os interesses do velho Estado e das classes dominantes.

  8. Promover estudo da missão institucional dos cursos de licenciatura e confrontar com a prática exercida.

  9. Apoiar a luta e resistência diária dos profissionais da educação em exercício.

  10. Integrar o conjunto de estudantes e professores às discussões e lutas da ExROPe e da ExNEPe.

  11. Promover estratégias de atividades culturais com exibição de filmes sobre a luta na educação e demais lutas populares.

  12. Participar de manifestações e protestos nas datas nacionais de luta em defesa do ensino público e denunciar as contrarreformas da gerência Temer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s