Grande Ato em Belém denuncia falsa-regulamentação da profissão do pedagogo

No dia 18 de maio, em cumprimento as resoluções do 22º FONEPe (UFPE/Recife), a Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia realizou em sua jornada histórica de luta mais um vitorioso Ato Nacional contra o Projeto de Lei 6847 – contra a falsa regulamentação da Pedagogia na cidade de Belém-Pará.

Dezenas de estudantes e professores manifestaram em frente ao Hotel Sagres, local onde estava ocorrendo um farsante I Congresso de Pedagogos. Esse evento foi organizado por uma Associação que diz representar os pedagogos, mas na prática tem se revelado uma entidade que defende os interesses privatistas na nossa formação e exercício da nossa profissão. Os palestrantes convidados são considerados os maiores destruidores da educação pública dos últimos tempos desde o gerenciamento petista passando pelos oportunistas Cristóvam Buarque, Miguel Arroyo ao arquirreacionário Goulart, quadrilheiro do Temer! Este último, como praxe, tem fugido do debate!

Foram distribuídos mais de 500 panfletos e uma importante agitação para os participantes do evento no carro de som conseguido com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Público do Pará. Nossos panfletos foram muito bem recebidos e, frequentemente, escutávamos reclamações em relação aos próprios debates do Congresso.

A ExNEPe denunciou a farsa da regulamentação da profissão do pedagogo e a implementação goela baixo dos Conselhos Federais e Regionais de Pedagogo no próprio estado do Pará. No dia 10 de maio, mesmo paralisada a aprovação do PL 6847, os bandidos privatistas do estado nomearam, como forma de pressionar a aprovação do PL 6847, seu representante para um falso “Conselho Federal de Educadores e Pedagogos” um dos tubarões da educação privada do estado, Valdo José Ananias de Oliveira, presidente do Instituto de Educação Tecnológica Avançada da Amazônia – IETAAM.

Incomodados com a nossa presença, a reacionária “Associação Pedagogos do Pará“ pediu reforço da polícia. Os manifestantes não se intimidaram, rechaçaram essa ação repressiva e entoaram palavras chamando a organização de privatista.

Por fim, a ExNEPe conclamou o conjunto de pedagogos, professores e estudantes a impulsionar esta que é a entidade vanguarda dos estudantes brasileiros com base nos princípios do classismo, combatividade e independência combatendo todo e qualquer tipo de oportunismo e imobilismo nas organizações estudantis. Convidou os interessados em debater verdadeiramente os problemas atuais da educação a participarem do mais importante encontro educacional do ano: 38º Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia que ocorrerá em Maceió/UFAL nos dias 11 a 15 de julho com o tema: Contra a intervenção militar: em defesa da gratuidade, democracia e autonomia universitária!

É urgente! lutarmos em defesa da autonomia no exercício da nossa profissão!

Goulart e quadrilha, tirem suas garras da Pedagogia!

Abaixo o PL 6847! Contra a regulamentação da profissão do Pedagogo!

Todo apoio a Greve dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s