Para ministro da Educação, universidades devem ser reservadas para ‘elite intelectual’

Com informações de Diário do Pará.

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, defendeu em entrevista ao jornal Valor Econômico, a ampliação dos cursos técnicos profissionalizantes como uma forma de garantir a rápida inserção dos jovens no mercado de trabalho. Segundo ele, “a ideia de universidade para todos não existe”.

Vélez diz que o Ministério da Educação estuda alterar pontos da reforma do Ensino Médio e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) aprovada durante a gestão de Michel Temer, mas a oferta dos cursos técnicos deve ser mantida. Ele ressaltou que busca um modelo parecido ao de países como a Alemanha.

Ainda de acordo com o ministro, não faz sentido um advogado estudar anos para trabalhar como motorista de Uber. “Nada contra o Uber, mas esse cidadão poderia ter evitado perder seis anos estudando legislação — afirmou Vélez, que defende um modelo parecido ao da Alemanha, onde alunos com melhor desempenho são preparados para o acesso ao Ensino Superior e os demais, para as profissões mais técnicas”.

“As universidades devem ficar reservadas para uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica [do país]”, diz o Ministro. Uma defesa clara da política postulada pelo Banco Mundial para o Brasil, um ensino público tecnicista e desprovido de conteúdo científico, e aumentar ainda mais o abismo que existe entre a escola pública e a privada, em que os alunos da primeira são destinados a se tornarem mão-de-obra barata para as multinacionais e os alunos da segunda vão para o ensino superior.

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s