[PA]Estudantes organizam Grande Mobilização na Unifesspa em defesa da Greve Geral!

Estudantes da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA, respondendo ao chamado da ExNEPe, organizaram um Pós-FoNEPe na universidade. Depois de participarem ativamente do Fórum Nacional, os alunos decidiram levar as discussões do evento para a sua região, elevando o nível de conscientização dos seus colegas.

Foi feito, portanto, um profundo debate sobre a situação política do país, que sofreu um golpe contra-insurgente e cujas frações do governo estão, hoje, unidas para atacar os direitos do povo.  Bem como sobre os outros temas tratados em Brumadinho, como a ‘reforma’ da previdência, o projeto de privatização da previdência social; foi também discutido o crime perpetrado pela Vale Assassina e Terrorista, e a importância de denunciarmos o papel que as mineradoras têm no Brasil, roubando as riquezas nacionais ao custo de vidas de trabalhadores.

IMG-20190504-WA0073

Além disso, os estudantes também foram responsáveis por realizar um Pré-ENEPe em sua universidade. Com o intuito de mobilizar o corpo discente e se preparar para o evento, discutiram diversas formas pelas quais os estudantes podem garantir a ida rumo ao 39º ENEPe, que ocorrerá no mês julho em Guarulhos/SP.

As turmas já demonstram estar dispostas à luta pelo transporte até o Encontro Nacional, para solicitar ônibus e também para escrever artigos para submissão de trabalhos acadêmicos, considerando o incentivo dado pelas universidades para a produção científica.

20190501_172227

Como parte da mobilização, também participaram ativamente dos Atos feitos no 1º de Maio, dia do Internacionalismo Proletário. Para se solidarizar e apoiar as lutas de sua classe, estiveram presentes nas manifestações contra a ‘reforma’ da previdência.

Sempre que houve oportunidade, conversando com os trabalhadores ou nas palavras de ordem que agitavam, levantavam a necessidade de uma Greve Geral de Resistência Nacional, única forma pela qual as massas podem barrar o desmonte e privatização da previdência social e, também, a única maneira que os trabalhadores do campo e da cidade podem impor sua vontade em meio a grave crise pelo qual o país passa, se colocando contra a retida de seus direitos, a superexploração, o desemprego, e construindo um caminho do povo, defendendo a soberania nacional.

20190504_225052

20190501_175959

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s