Plano de Lutas do 39º Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia

Sistematização das Discussões e Propostas dos Grupos de Discussão.

1. Situação Política

  • Impulsionar a Greve Geral de Resistência Nacional por tempo indeterminado;
  • Denunciar o genocídio da juventude periférica;
  • Apoiar a Campanha Nacional pela libertação do preso político indígena Leonardo (MS).

2. Universidade

  • Lutar contra a intervenção nas universidades e os ataques a autonomia universitária;
  • Lutar contra qualquer cobrança de taxas dentro da universidade pública;
  • Lutar contra o projeto “Future-se”. Contra o fim do financiamento público das universidades;
  • Defender de forma indissociável a Gratuidade, a Democracia e a Autonomia Universitárias;
  • Lutar por impor o co-governo estudantil;
  • Combater a Lei Geral das Universidades no Paraná;
  • Impulsionar uma grande onda de greve de ocupações no país inteiro nas Instituições de Ensino Superior – IES contra todos os ataques a Gratuidade, Democracia e Autonomia Universitária e os projetos privatistas.

3. Movimento Estudantil

  • Fortalecer as entidades de base, impulsionando a organização de CA’s e DA’s e as Executivas Estaduais;
  • Mobilizar grêmios, escolas secundaristas e instituições universitária para o Dia Nacional de Lutas em defesa da educação: 23/11;
  • Com greve de ocupação: adotar como tática de luta “não cair na chantagem de pagar ou fechar a universidade. Não vamos nem pagar, nem aceitaremos o fechamento.”;
  • Impulsionar a luta em conjunto com os estudantes de licenciatura e mobilizar os estudantes de pós-graduação;
  • Avançar na política de autossustentação das entidades;
  • Criar carteirinha estudantil oficial da Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia;
  • Realizar as retificações técnicas necessárias para a manutenção do registro da entidade;
  • Ampliar nossa articulação construindo a luta dos estudantes dentro das universidades privadas.

4. Calendário de lutas

  • PÓS-ENEPE: 5 e 9 de agosto nas escolas, IF’s e universidades para levar o debate e a defesa do co-governo estudantil e o papel das ocupações, impulsionar a organização e o fortalecimento de grêmios, CA’s, DA’s e DCE’s estudantis e independentes;
  • Aderir a Greve Geral dia 13 de Agosto;
  • Consigna do dia 23/11 – Em defesa da gratuidade do ensino público e da autonomia universitária;
  • ENCONTROS ESTADUAIS: realizar entre o mês de setembro e início de novembro do segundo semestre de 2019 para impulsionar a realização do 23 de novembro e fortalecimento da Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia cujo indicativo de estados são: RO, MS, PR, RJ, PE, PB, SP;
  • Realizar no primeiro semestre de 2020 recepções de calouros como preparação (mobilização, politização e organização) para o 24º Fórum Nacional de Estudantes de Pedagogia;
  • Publicar a revista científica do Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia.

ExNEPe – Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s