Viva o vitorioso II ESMEPe!

A Executiva Sul-Mato-Grossense de Estudantes de Pedagogia (ExSMEPe) com o apoio do Centro Acadêmico de Pedagogia Paulo Freire UFGD (CAPed UFGD) realizou nos dias 08, 09 e 10 de novembro o vitorioso II Encontro Sul-Mato-Grossense de Estudantes de Pedagogia (II ESMEPe).

Com o tema “Políticas privatistas na educação e na Pedagogia”, foi debatido os ataques a educação, bem como se apontou o caminho combativo pela defesa do ensino cientifico, publico e de qualidade. O evento contou com a participação de cerca de 74 pessoas, que alternaram sua participação no decorrer dos dias. Contamos com grande representatividade, estando presentes diversas instituições como UFGD, RHEMA, UNAR, UEMS, ANHANGUERA, UFMS, UNIGRAN, MAGSUL, UNIP, UEM, UNIFESP, UFPR e UNEB.

A mesa de situação politica deu inicio ao debate sobre o direito educacional em risco no Brasil e como ao longo das décadas vem sendo precarizado e atacado, principalmente nos últimos anos. A segunda mesa entrou nos temas centrais do evento, autonomia universitária e a BNCC, onde foi largamente denunciada pelos estudantes da UFGD a nefasta Intervenção na direção da Faculdade de Educação (FAED) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), estendendo um processo de cerceamento das universidades utilizando a justificativa de que não poderia nomear ninguém da lista tríplice, justificativa essa que também impôs a interventora Mirlene Damázio – nomeada pelo MEC em junho desse ano para ocupar o cargo de “reitora pró-tempore” – que “segue as orientações emanadas diretamente pelo MEC a ferro e fogo e que afronta os alunos com a militarização e privatização da Universidade e foi a responsável pela nomeação do atual interventor Miguel Gomes Filho, algo claramente arquitetado para um maior controle da universidade. Foi denunciado e rechaçado também o Projeto Future-se, as alterações no currículo, precarização dos estágios e a famigerada Residência Pedagógica.

As apresentações culturais, de batalha de rima, oficina de contação de historia e canções populares também animaram o Encontro Estadual. Nas mesas e grupos de discussão foi reforçado que para barrar esses ataques, só com a luta combativa dos estudantes e professores, se apoiando na vontade destes e não na falsa legalidade e em métodos burocráticos, e impondo o co-governo estudantil passo a passo como forma de ampliar a democracia universitária e defender sua autonomia, desse modo, derrubar a intervenção e barrar seus projetos privatistas com Greve de Ocupação, Co-Governo Estudantil e Greve Geral de Resistência Nacional!

No ultimo dia foi eleita, com grande jubilo, a Executiva Estadual Sul-Mato-Grossense de estudantes de pedagogia, contando com sete estudantes da UFGD, três da UEMS e dois da UFMS campus de Naviraí, bem como a eleição da representante da executiva nacional e suplente e por fim estabelecido o Valoroso Plano de Lutas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s