[RJ] Servidores da Educação de Duque de Caxias estão sem receber salários desde novembro

Com informações do monopólio de imprensa G1

Centenas de trabalhadores da educação ativos e inativos de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, estão sem receber salário desde novembro do ano passado. O atraso dos salários é o que motivou protesto em frente a prefeitura do município.

A Prefeitura de Caxias divulgou uma nota informando que, nesta quinta-feira, pagou mais uma remessa do 13º. Ao todo, 977 funcionários que ganham até R$ 4.747,39 deveriam ter recebido os benefícios, mas muitos afirmam que o dinheiro ainda não caiu na conta.

Professora aposentada, Maria Paula Eliotério sofre com artrose nas pernas. Ela não recebeu o salário de novembro, nem o 13º. Mesmo com dificuldades para andar, ela foi até a prefeitura reivindicar o pagamentos dos atrasados.

“Eu também ajudo em casa, entendeu? Meu irmão está desempregado, eu tenho uma tia idosa que a gente tem que olhar. Eu estou esticando o pouco que eu tenho para poder resolver a minha vida financeira. Está difícil. Está muito difícil”, desabafou.

A situação dela é semelhante à de centenas de outros servidores. Os poucos que receberam salário, foi com atraso.

“Isso que o governo está fazendo, principalmente com os aposentados, é um crime. E ele precisa ser responsabilizado. É um crime fiscal. Para onde está indo o dinheiro desse município?”, questiona a diretora do Sepe Elenita Bezerra.

Os profissionais dizem que não existe um calendário de pagamentos e que não conseguem dialogar com a prefeitura, e o prefeito Washington Reis (PMDB) se recusa a recebê-los.

“Já fomos várias vezes à prefeitura, o prefeito não nos recebe. Em alguns momentos, alguns secretários nos recebem, mas sempre a resposta é a mesma, que toda decisão depende do prefeito”, contou a professora e também diretora do Sepe, Maria Cândida da Silva Almeida.

Maria Cândida não é a única a fazer críticas diretas ao prefeito. “O pior de tudo, além da gente não ter um planejamento, a gente tem um deboche do prefeito. Ou a gente tem na cidade um prefeito incompetente, ou um prefeito cruel. Ou as duas coisas”, criticou o professor Maurício Farias.

Apesar dos relatos dos servidores, a Prefeitura de Caxias continua a afirmar que os salários dos funcionários da ativa estão em dia. Porém, o prefeito continua se negando a receber os servidores e a incerteza sobre o atraso no pagamento de novembro permanece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s