40º ENEPe tem início com ato em frente à Reitoria da UFPR! – Fotos do primeiro dia.

O primeiro dia do 40º ENEPe iniciou-se com um vitorioso ato na Reitoria da UFPR no qual se exigiu que a universidade utilize seu espaço para atender às necessidades do povo durante a pandemia e não permaneça de portas fechadas. Entendendo que essa política de isolar a universidade dos problemas da população, amplamente adotada por gestores de Instituições Públicas de Ensino Superior, justifica a política intervencionista do governo dos generais e do fascista Bolsonaro, e faz coro ao corte de verbas de 1,6 bilhão no orçamento das IFES para 2021.

Ocupamos o pátio do campus respeitando distanciamento social, usando máscara e face-shield, puxando palavras de ordem e colando faixas por todas as paredes com as consignas: “DERRUBAR OS MUROS DA UNIVERSIDADE!”, “EM DEFESA DO ENSINO PÚBLICO E GRATUITO: BARRAR A IMPOSIÇÃO DA EaD IMPULSIONANDO O BOICOTE! EM DEFESA DO DIREITO DE ESTUDAR, ENSINAR E APRENDER”, “VIVA O 40º ENEPe EM CURITIBA-PR!”, “ENFRENTAR OS ATAQUES DO GOVERNO COM ORGANIZAÇÃO E LUTA!”, “EM SOLIDARIEDADE AOS 160 MIL MORTOS POR COVID-19”.

Após o ato, foi realizada a mesa de abertura no pátio aprofundando o debate sobre a posição capituladora da universidade frente aos problemas do povo e a falta de autonomia e democracia universitária que perpetua esse cenário. Todas as entidades e delegações (PR, SP, RJ, MS, RO, MG, PA, AL, PE, PB e BA) fizeram saudações ao evento, expressando grande ânimo e vigor ao falar sobre a luta contra o imobilismo, contra a burocracia universitária e a imposição da EaD que têm enfrentado em cada região.

Ao voltar para a sede do evento realizamos um rico debate entorno da situação política nacional, com a participação do professor e ativista Igor Mendes, que expôs de forma mais profunda sobre a luta estudantil e que caminho esta deve tomar, ligando-se firmemente ao povo pobre de nosso país que sofre diariamente os efeitos prolongados da grave crise econômica e social secular, agora aprofundados pelo coronavírus, que já soma mais de 155 mil mortos! Nesse sentido a Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia reafirmou seu papel de vanguarda do Movimento Estudantil brasileiro, reconhecendo a importância de se ligar profundamente ao povo para combater em defesa do ensino público e gratuito e em pró dos interesses do povo! Seguindo sempre ao lado de seus princípios de classismo, independência e combatividade.

Encerramos a programação com o lançamento do livro “Essa Indescritível Liberdade” de Igor Mendes, realizando uma breve discussão em torno do papel da arte e da história do povo na literatura e na cultura popular de forma geral.

Amanhã continuam as atividades! Vamos a luta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s