[SP] Centro Acadêmico cria Comitê de Solidariedade Popular

Estudantes do Centro Acadêmico de Pedagogia da Unifesp – Gestão E Vamos à Luta! criaram o Comitê Estudantil de Solidariedade Popular (CESP), iniciativa para prestar solidariedade classista durante a pandemia. O grupo se apoiada em exemplos de iniciativas semelhantes de estudantes da UFPB, UFGD, UNICAMP, UNIR, que colocaram a universidade a serviço do povo, ajudando-os a se protegerem do covid-19.

Com a pandemia do covid-19, o governo federal tem imposto às universidades a educação à distância, substituindo o ensino presencial pelo ensino remoto. Além de precarizar a formação com o tecnicismo e excluir os estudantes que não têm condições de continuar os estudos online, essa modalidade de ensino tem sido utilizada, antes de tudo, para avançar a agenda de projetos privatistas do MEC. Insatisfeitos, os estudantes têm organizado o boicote ativo como tática para barrar a EaD. E para que as universidades não permaneçam paradas nesse momento crítico, em que seriam tão necessárias, lutam para a ampliação de projetos de pesquisa e extensão, daí surgiu a ideia de criar o Comitê Estudantil.

Dentre as atividades que o Comitê pretende realizar estão a arrecadação e doação de produtos de higiene, álcool em gel, cestas básicas, além disso, fazer pedagógicas e de atividades de reforço escolar, para as crianças que estão sem aulas presenciais, fato que tem aumentado a defasagem no aprendizado dessas crianças e adolescentes.

Nas últimas semanas, o grupo foi até um condomínio na comunidade do entorno do campus Guarulhos e distribuiu panfletos informativos sobre os sintomas e formas de prevenção ao coronavírus e máscaras descartáveis. Também realizaram uma campanha de arrecadação de alimentos para montagem de cestas básicas, os alimentos foram doados por outros moradores do mesmo local. Assim, apesar da situação penosa atingir a todos, com solidariedade classista, aqueles que mais tem ajudam os que estão mais necessitados e unidos podem solucionar problemas coletivos.

Os moradores têm sido muito receptivos, com entusiasmo e boa vontade. Alguns inclusive já demonstraram interesse em participar do Comitê. Ainda essa semana, o CESP pretende fazer nova camapanha de arrecadação de alimentos e doação de cestas. Também está levantando as famílias que querem que seus filhos participem de atividade culturais e de reforço escolar. E vamos à luta, colocar a universidade a serviço do povo! Só o povo organizado pode enfrentar a crise!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s