[SP] 81% dos pais veem piora na educação dos filhos com a pandemia

Com informações do monopólio de imprensa G1.

Pesquisa Datafolha indica que 81% dos pais em São Paulo veem piora na educação dos filhos com a pandemia de coronavírus no país. Além disso, três em cada dez eleitores da cidade de São Paulo têm filhos em idade escolar, sendo que 24% têm filhos em escolas públicas, 5% em escola particular, e os demais em ambas. Margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos;

De acordo com o levantamento, no caso das famílias com filhos na rede pública de ensino, 82% dos pais veem queda no aproveitamento escolar em 2020 em comparação com os outros anos. O número é um pouco menor na rede particular: 73% das famílias consideram que este ano foi pior que os anteriores.

Para o grupo que considera piora no desempenho, 27% apontam a dificuldade em acompanhar os filhos nas aulas virtuais como principal responsável, 24% consideram a falta de estrutura das escolas para o ensino pela internet como motivo, 20% apontam a dificuldade dos alunos para acessar a internet, 14% consideram como agravante a falta de interesse dos alunos, e 12% apontam para a falta de preparo dos professores como fator preponderante.

Quanto a opinião das famílias em relação a 2021, apontou-se que a maioria, 57%, acham que as escolas deveriam voltar com as aulas normais, como antes da pandemia. A taxa aumenta quando consideramos apenas pais de alunos que estudam em escolas públicas, para 59%.

Esses dados evidenciam que o povo em geral tem rechaçado a modalidade de ensino a distância. A educação é um processo humano e social, precisa ocorrer de maneira presencial. A EaD imposta pelo governo como solução para o período de pandemia, tem substituído o ensino presencial pelo ensino remoto, reduzindo dessa forma o caráter social do ensino e iminizando a relação entre teoria e prática, que deveria ser indissociável.

O ano letivo não ocorreu, não aconteceu de verdade. Isolados em casa, sem acompanhamento pedagógico, os alunos não têm aprendido. O governo estadual reacionário quer aprovar os estudantes a todo custo, sem aprendizagem e aumentando defasagem da aprendizagem. Não podemos permitir que ataquem o direito do povo de aprender, devemos lutar pelo cancelamento do ano letivo! Pelo direito de ensinar, estudar e aprender!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s