[SP] Pais pedem reprovação do próprio filho após notarem dificuldades com ensino à distância

Com informações de G1.

Em São Paulo, os responsáveis entraram na Justiça para exigir que seu filho de 5 anos não seja aprovado automaticamente e passe para o primeiro ano do ensino fundamental. Os pais acreditam que a criança deve repetir de ano pois não aprendeu o que deveria através do ensino remoto.

“É difícil para o pai e para uma mãe tomar uma decisão de reter um filho. Mas aí, quando a gente começou a avaliar todo o cenário, a retenção para nós não era algo prejudicial. Para nós, o reter é avançar”, afirma Alessandro Paes dos Reis, pai do Matheus, de cinco anos.

Pela lei, não há reprovação no ensino infantil, entre zero a cinco anos, por isso, o colégio não pode decidir sobre o assunto e os pais tiveram que recorrer à Justiça. Eles conseguiram aval e seu filho agora está matriculado na pré-escola novamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s