28/03 – Dia do Estudante Combatente: Transformar as escolas e universidades em trincheiras da luta de classes!

28 de Março é um dia histórico para a luta do movimento estudantil e popular no Brasil. O Dia do Estudante Combatente é celebrado nesta data em memória de Edson Luís, covardemente assassinado pelo regime militar-fascista no dia 28 de março de 1968. Edson Luís, um filho do povo, é exemplo para nós, por seu espírito de combatividade que segue vivo.

Hoje, 53 anos após a manifestação contra o aumento do preço da comida no restaurante Calabouço, do Instituto Cooperativo de Ensino, e contra a privatização do ensino público, luta onde Edson Luís verteu seu sangue, vivemos o momento de maior ataque ao ensino público e gratuito da história do nosso país.

A imposição da EaD desde o ensino básico ao superior; o corte de verbas; as intervenções nas reitorias; o fechamento das escolas e universidades em meio à pandemia, são alguns dos exemplos da ofensiva do projeto privatista levado a cabo pelo governo militar de Jair Bolsonaro. A privatização do ensino em favor dos grandes tubarões de educação e, principalmente, a imposição da ideologia obscurantista, negacionista, anti-científica e vende-pátria nas universidades é o carro chefe dos ataques a educação. Num momento de crise generalizada do Estado brasileiro, que se aprofunda dia após dia com o genocídio causado pelo governo, que já ceifou mais de 300 mil vidas, a destruição das escolas e universidades como espaços de organização popular e debate científico, é o plano do governo militar, para que dessa forma possa impor suas políticas arbitrárias, genocídas, anti-povo, sem que haja resistência.

Entretanto, não conseguirão! Pois o movimento estudantil combativo, independente e classista cresce cada vez mais e de norte a sul tem dado exemplo de que seguirá levantando alto a bandeira em defesa do ensino público, gratuito, democrático, com autonomia universitária e a serviço do povo.

Convidamos a todos para que marquemos uma vez mais essa data histórica com a marca da luta, transformando nossas escolas e universidades em verdadeiras trincheiras da luta de classes, pois é isso que o momento nos exige. Nos lancemos às escolas, universidades e bairros pobres com panfletagens, debates, colagem de lambes e cartazes fazendo reverberar ainda mais a posição da Executiva Nacional de Estudantes de Pedagogia de que as escolas e universidades devem, mais do que nunca, abrir suas portas para servir ao povo com atividades de reforço escolar, atividades esportivas e de lazer, de conscientização acerca da covid-19, de posto sanitário, dentre outras.

Que nesta data nos inspiremos no exemplo de Edson Luís e denunciemos a realização criminosa do Enem 2020, exigindo o seu cancelamento e realização de novas provas. Assim como o cancelamento do ano letivo de 2020 o qual a maioria dos estudantes foram “aprovados” sem aprender nada.

PELO CANCELAMENTO DO ENEM E REALIZAÇÃO DE NOVAS PROVAS!

PELO CANCELAMENTO DO ANO LETIVO DE 2020!

CONTRA A IMPOSIÇÃO DA EAD: BOICOTAR O ENSINO REMOTO!

COLOCAR AS ESCOLAS E UNIVERSIDADES A SERVIÇO DO POVO!

VIVA O DIA DO ESTUDANTE COMBATENTE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s