[PR] Dia do Estudante Combatente é marcado por grande agitação em Curitiba!

No dia 28/03, aniversário do assassinato do estudante Edson Luís de Lima Souto, secundarista morto pelas mãos do regime militar fascista, dezenas de estudantes, professores e moradores do bairro Parolin, o mais pobre da capital paranaense, realizaram intensa atividade de debate e agitação para relembrar esta data histórica e manter acessa a luta em defesa da educação pública e gratuita.

Estudantes e professores leem panfleto sobre o Dia do Estudante Combatente

As atividades começaram logo de manhã com a realização de um cinedebate do filme “Calabouço, um tiro no Coração do Brasil” de Carlos Pronzato, do qual participaram estudantes de diversos cursos da UFPR para debater a importância histórica de Edson Luís, a repercussão de sua morte em toda a sociedade brasileira e sua relação com a luta travada hoje em defesa da educação, que passa pelo boicote à EaD e a organização da juventude para servir ao povo, principalmente nos Comitês Sanitários que por todo o Brasil dão resposta combativa à crise sanitária e política.

“Pela Reabertura das Escolas” e “Vacina para o Povo Já”

Uma vez no bairro, estudantes e moradores que participam do Comitê Sanitário da região se separaram em grupos para conversar com a população, distribuir panfletos, colar lambes e fazer cartazes sobre a data. Pelas ruas e casas o sentimento do povo era um só: revolta! Seja pelas condições de vida deploráveis, pelas mortes de conhecidos em decorrência da pandemia e do abandono do Estado, pela violência rampante e cotidiana, e de forma muito demarcada pela situação dos jovens, que sem escola se encontram abandonados à própria sorte. Lhes é negado o direito a estudar e aprender, a maioria das crianças só tem acesso ao “conteúdo” por meio da televisão, e os pais relatam constantemente: “meu filho não está aprendendo nada”, “só empurraram ele para o próximo ano”, “querem mais é que a gente não tenha estudo para não irmos contra eles”.

Estudantes e morador discutem a importância do Dia do Estudante Combatente

Os pais, de maioria muito pobre e eles mesmo sem estudo, relatam a imensa dificuldade em prezar pela educação e bem estar das crianças nas condições de miséria, desemprego e fome que assolam as periferias da “Cidade Sorriso”. Tem se tornado comuns relatos de suicídio de adolescentes no bairro, que pela falta absoluta de perspectiva caem vitimas da depressão e demais doenças psicológicas. A violência urbana, seja nas mãos da polícia ou do tráfico, ceifa constantemente outros tantos jovens que poderiam estar estudando num ambiente controlado, limpo e seguro, ao invés de estarem expostos a todo tipo de intemperes nas ruas.

Crianças brincam enquanto aprendem sobre Edson Luís
Estudantes colam lambes para marcar o Dia do Estudante Combatente

A Educação a Distância é isso. Este é o seu fiel retrato. Um sistema pensado para esvaziar toda e qualquer responsabilidade pela instrução pública do Estado e repassá-la integralmente à população, sem nenhum tipo de assistência, sem nenhuma condição de fato e ainda sobre os auspícios de humanidade daqueles que mentem para sobreviver, a mesma casta de políticos, generais e capitães do mato que governam este país, os mesmos que foram responsáveis, a mais de 53 anos pela morte do companheiro Edson Luís.

Moradores leem juntos panfleto do Dia do Estudante Combatente

À juventude brasileira cabe a tarefa: defender a Educação com unhas e dentes! Barrar o avanço da Educação à Distância, defender e ampliar os direitos duramente conquistados pelo povo. Não pode haver outro caminho, não há conciliação com este projeto de educação falido e podre. O povo merece mais, muito mais do que esse remédio amargo. Merece uma escola que funcione e se preocupe com seus interesses, uma universidade nacional que produza pesquisa para solucionar os seus problemas.

A luta pela qual morreu Edson Luís é essa, e está longe de acabar.

Companheiro Edson Luís! Presente na Luta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s