[PR] Frente Estudantil Contra a EaD convoca ato em Curitiba!

A Frente Estudantil contra a EaD realizou no domingo 11/04 uma vitoriosa atividade de produção de faixas e cartazes junto ao Comitê de Saúde Popular do Parolin em preparação para o ato do dia 17/04, puxado para contrapor a intervenção da Secretaria de Esporte e Educação (SEED) em um colégio da região, o qual foi impedido de escolher sua direção e agora tem à frente uma interventora cujo objetivo proclamado é fechar o colégio. No início desse ano a SEED avançou sua agenda de privatização anunciando que nove outros colégios da capital seriam fechados. Isso vem no momento em que de forma demagógica o governo mantém as escolas fechadas, supostamente para combater a pandemia, quando na verdade objetiva apenas destruir os direitos mais elementares da população, tal qual o direito a estudar, ensinar e aprender, fazendo os profissionais da educação e os alunos de reféns, na medida em que não fornece vacinas e insumos sanitários para conter a pandemia e possibilitar o retorno presencial. Por estes motivos que a Frente se junta também ao movimento pela abertura das escolas com medidas sanitárias.

Leia abaixo a convocação para o ato:

EXIGIMOS A REABERTURA DAS ESCOLAS PÚBLICAS COM A GARANTIA DOS PROTOCOLOS SANITÁRIOS

Não satisfeitos com a implementação goela a baixo da Educação à Distância, onde os professores fingem que ensinam e os alunos fingem que aprendem, a SEED-PR junto com o governo do Estado fecharam 9 colégios de Curitiba, fecharam dezenas de turmas do Ensino Médio noturno, impuseram as escolas civico-militares e colocaram interventores para ocupar o cargo de direção em outras 16 escolas da cidade

Entre essas escolas, encontra-se o Colégio Estadual Santos Dumont, localizado no bairro Guaíra, que a mais de 50 anos é referência na formação de crianças e adolescentes da região, além de sua histórica participação na luta pela garantia de direitos da comunidade como um todo. Desde que ocorreu a mudança da direção, a escola vai de mal a pior: o quadro de professores e funcionários está incompleto , houve redução da quantidade de kits alimentação entregues, nem mesmo as atividades impressas estão disponíveis para todos os alunos. Além disso, a comunicação entre a escola e as famílias é quase inexistente! Muitos pais nem sabem sobre as mudanças ocorridas na escola!

Não podemos permitir que os filhos e filhas dos trabalhadores dos serviços essenciais tenham seu direito a educação jogado no lixo! Exigimos que as escolas sejam reabertas com os protocolos sanitários necessários! As crianças e jovens estão mais seguros dentro das escolas, onde é possível controlar o contato social, onde estão longe da violência, das drogas e podem planejar um futuro melhor. Se as escolas particulares puderam reabrir, os estudantes da escola pública devem ter também esse direito! Não aceitamos a política do “se vira!”, como defende o secretário de educação, exigimos a garantia dos protocolos sanitários para o retorno das atividades! Exigimos mais contratação de professores e funcionários! Exigimos testes, medicação de temperatura, álcool! Exigimos equipamentos de proteção individual!

CONVOCAMOS TODOS AQUELES QUE DEFENDEM A EDUCAÇÃO PÚBLICA, QUE DEFENDEM O DIREITO AO ACESSO A CIÊNCIA E QUE ACREDITAM EM UMA EDUCAÇÃO QUE SIRVA AO POVO PARA JUNTAREM-SE A NÓS NO DIA 17/04 ÀS 14H NA PRAÇA IPIRANGA!

Pela reabertura das escolas com protocolos sanitários!
Abaixo a intervenção da SEED-PR!
Pelo direito de ensinar, estudar e aprender!
Vacina para o povo já!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s