Executiva Paranaense participa de Semana da Educação em Colégio Estadual  

Na terça-feira, 19 de outubro, aconteceu no colégio Costa Viana a 4ª Semana de Educação, organizada pelos professores e estudantes do curso de magistério, que convidaram a Executiva Paranaense para falar sobre as reformas que têm sido impostas à educação brasileira

O evento contou com a presença do professor Felipe Gervásio, da UFCG, dois companheiros da UFPR e cerca de 30 estudantes, além de 5 professores. O Professor Gervásio, em sua fala, denunciou que os ataques mais recentes à educação, como a BNC da Formação e a Reforma do Ensino Médio, estão diretamente ligados à BNCC e servem justamente para incrementar sua implementação, assim como a imposição da educação a distância nas escolas e universidades e a desmobilização do movimento estudantil contribuem para a privatização completa do sistema público brasileiro, o que, segundo o professor, é comprovado pelos sucessivos cortes de verbas na educação e com o novo pacto fiscal, posto na PEC 188, cujo objetivo é desobrigar o estado dos direitos básicos, permanentemente.

Em seguida o estudante da pedagogia colocou sobre a importância da luta dos estudantes secundaristas frente aos ataques que a educação tem sofrido, como as ocupações secundaristas em 2016 no Paraná, que se iniciaram em São José dos Pinhais, como elas fizeram tremer todo o país, agitando inclusive estudantes universitários a ocuparem as faculdades, como foi o caso da UFPR, e não permitindo a realização do ENEM na época.

O governo não vê com bons olhos esse levante e teme que ele aconteça novamente, para isso precisa manter um controle maior sobre as escolas, daí vêm a imposição das escolas cívico-militares, as quais o Paraná é o maior adepto, e perante esses ataques a juventude não pode esmorecer, deve tomar as escolas e universidades em suas mãos, organizar a luta dos estudantes através dos grêmios estudantis, realizar debates, dirigir a escola que lhe pertence, somente assim é possível defender a educação, afirmou o estudante.

Ambas as falas foram recebidas com aplausos pelos presentes, os organizadores do evento ressaltaram a importância de analisarmos criticamente os projetos do governo para a educação e agradeceram a presença da Executiva e do Professor Gervásio.

Ao final, os presentes foram convocados para uma manifestação que acontecerá em Curitiba, em defesa da educação pública e gratuita, contra o corte de verbas e pela reabertura do RU da UFPR, no sábado (23) às 14h, na praça Santos Andrade, organizada pela Frente Estudantil contra a EaD – UFPR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s