Professores e funcionários de escolas estaduais fazem protesto em Porto Alegre

Repercutido do portal virtual da rádio Gaúcha Zero Hora

Professores e funcionários de escolas estaduais realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (15) em Porto Alegre. O grupo de cerca de 200 pessoas fez uma caminhada pela área central da Capital.

Por volta das 9h30, os servidores se reuniram em frente à sede do Instituto de Previdência do Estado (IPE), na Avenida Borges de Medeiros. Com cartazes e bandeiras do Cpers, vestindo camisetas pretas com frases contra o governador Eduardo Leite e capas de chuva, eles pediam reposição salarial de 47,82%.

Uma caminhada se iniciou às 10h30 e bloqueou a Avenida Borges de Medeiros, junto ao Viaduto dos Açorianos. O destino foi o Palácio Piratini. Houve congestionamento. EPTC e Brigada Militar acompanharam o ato.

Às 11h, o grupo chegou na sede do governo estadual. Um caixão simulando a morte da educação era carregado pelos professores.

– Simboliza que esse governo está matando a educação. Lançaram um plano mirabolante e esqueceram das pessoas- disse a presidente do Cpers, Helenir Schürer.

Um caminhão de som foi estacionado no local e professores e alunos se revezavam ao microfone. Pediam a reposição salarial e a saída do governador.

Em seguida, outra encenação foi feita. Servidores carregaram um saco preto grande remetendo, conforme os relatos ao microfone, o “pacote de Maldades” do governo estadual.

Perto das 11h40min, o ato se encaminhava para o final, com alguns professores já deixando o local. O caminhão de som e os discurso prosseguiam. Uma revoada de balões marcou o fim do ato em frente ao Piratini. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s