PELA VOLTA ÀS AULAS PRESENCIAIS NA UFPR!

Rechaçar as ilusões com a burocracia universitária e lançar-se para a luta!

Mais uma vez a reitoria da UFPR mostra sua verdadeira face. Com o anúncio do adiamento do retorno presencial, conquistado a duras penas pela luta combativa dos estudantes, a burocracia universitária dá mostras de que suas palavras não valem a tinta na qual foram escritas. Uma vez mais dão as costas ao povo e à ciência, defendendo a manutenção da EaD, um sistema de ensino anticientífico, desligado da prática social e voltado a atender os interesses privatistas do governo federal, ávido em saquear recursos da educação.

Mesmo com o posicionamento de inúmeros médicos e especialistas, da própria comunidade acadêmica, a reitoria, falaciosamente, recorre uma vez mais à pandemia para negar nosso direito à educação. Esta medida não se justifica. Por mais que haja um ascenso em contágios, puxado pela variante Ômicron e pelas festas de final de ano, ele não representou um aumento expressivo no número de óbitos e internamentos. Sem falar que a comunidade acadêmica inteira já está vacinada e na universidade temos condições de manter os devidos cuidados sanitários. Se negam a eficácia da vacina estão jogando o mesmo jogo de Bolsonaro e mantendo o povo refém do obscurantismo.

Adiar o retorno presencial com base nestes argumentos apenas revela que por trás do suposto humanismo da burocracia universitária se encontram os mesmos interesses mesquinhos de um punhado de senhores que preferem entregar a universidade pública à rapina privatista do MEC ao invés de renunciar a seus confortos tão bem estabelecidos. Os estudantes estão sendo extremamente prejudicados pela EaD, a evasão e o trancamento cresceram significativamente nesse período em que ficaram largados às traças sem suporte e sem ensino científico e qualificado.

É marca dessa reitoria o cinismo e a indiferença para com a democracia universitária, que só existe no momento que os favorece, mas se esfumaça tão logo os ameace. De nada adianta suas promessas e demagogias, no fundo não estão nem aí com os estudantes, nos consideram ineptos, incapazes de tomar parte nas decisões que dizem respeito à universidade, na qual representamos mais de 90% da comunidade acadêmica. A universidade precisa estar aberta, não só para que tenhamos aulas, mas porque apenas através da prática é que se pode conformar a verdadeira ciência. Mantê-la fechada apenas serve aos mesmos interesses obscurantistas do governo federal. Ao manter o povo afastado desse espaço, a universidade tanto o aliena da verdade cientifica, quanto se aliena da realidade popular.

Apenas a luta presencial e combativa pode garantir a reabertura das universidades! Devemos tomar em nossas mãos o exemplo dos estudantes que ocuparam o RU da UFPR para garantir sua reabertura e derrubar os muros da universidade! A Frente Estudantil Contra a EaD convoca a todos e todas a defender a universidade pública com unhas e dentes, realizando manifestações públicas e tomando em nossas mãos o espaço universitário. Chega desse movimento estudantil domesticado, é hora de ação!

Compareça na reunião aberta domingo 23/01 às 15h no pátio da Reitoria e vamos lutar contra esta medida autoritária e em defesa do ensino público e gratuito.

Frente Estudantil Contra a EaD – PR.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s