Projeto Escola do Bairro realiza atividade em parceria com estudantes e professores do curso de Odontologia da Universidade Estadual de Maringá.

Na manhã do dia 19 de fevereiro, cerca de 60 alunos e professores do curso de Odontologia da Universidade Estadual de Maringá (UEM) atenderam as mais de 30 crianças que frequentam o projeto Escola do Bairro (https://www.instagram.com/aescoladobairro/), desenvolvido com o apoio da Executiva Paranaense de Estudantes de Pedagogia (ExPEPe).

Na atividade, os estudantes puderam pôr em prática muito do que estudam, testando seus conhecimentos e se desafiando a trabalhar em circunstâncias um tanto adversas.

O local onde se desenvolve a Escola do Bairro não possui qualquer semelhança com um consultório odontológico, contudo isso passou longe de ser um empecilho para os estudantes e professores cheios de ânimo e disposição. Para atender às crianças e poder limpar cáries, fazer raspagens, passar selantes, realizar restaurações, extrações e vários outros procedimentos, os voluntários utilizaram da mesma estrutura da qual a Escola dispõe: mesas e cadeiras escolares, além de tatames de EVA.

Com esses materiais, os dentistas montaram seus “consultórios” e deram uma enorme demonstração de disposição e interesse em estar ao lado do povo, colocando a universidade pública à serviço de seus interesses e necessidades.

Durante toda a atividade, era visível a animação entre as crianças e os voluntários, que estavam divididos em estações de trabalho. Nessas estações, as crianças passaram por diversas atividades: explicações sobre como realizar a higiene bucal adequadamente; escovação supervisionada; distribuição de kits com escova, pasta e fio dental; realização de desenhos temáticos; pintura facial e várias outras dinâmicas.

Enquanto atendiam às crianças, os dentistas registravam as necessidades de cada paciente, como cirurgias ou outros procedimentos de maior complexidade, os quais não poderiam ser realizados no momento. Assim, ao término dos atendimentos, foi conversado entre os profissionais, as mães e os professores da Escola para dar continuidade aos tratamentos na própria Universidade, levando as crianças até lá.

Este momento será, sem dúvida, um próximo e importantíssimo passo na aplicação da consigna de “derrubar os muros da universidade”, tão bem materializada nesse memorável sábado.

Com tal comprometimento e dedicação, os estudantes (maioria entre os dentistas) prestaram um ótimo serviço à população e puderam avançar na sua formação profissional, mas também elevaram a extensão universitária a outro patamar e fizeram uma contundente defesa do caráter público da instituição em que estudam. Num contexto onde severos cortes e a Educação à Distância (EAD) buscam ferir de morte o Ensino Superior Público e Gratuito, tal atividade foi uma cabal defesa da educação presencial e gratuita, ligando teoria e prática e colocando a universidade a serviço do povo.

VIVA A ESCOLA DO BAIRRO!

DERRUBAR OS MUROS DA UNIVERSIDADE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s