Eleições DCE/ UEM: Debate de chapas demarca caminho combativo da ExNEPe!

No dia 30 de agosto ocorreu o debate entre as chapas para o Diretório Central dos Estudantes da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Debateram os integrantes da Chapa 1: UEM Presente, A luta é o que muda e a chapa Chapa 2: Pra mudar o DCE. Na discussão, ficou clara a diferença abismal que separa as duas concorrentes.

A chapa 1, composta por estudantes independentes e desejosos de lutar, apontou o caminho defendido pela ExNEPe de greve de ocupação, de luta organizada, presencial e combativa contra os cortes de verbas, a EaD, a privatização das universidades públicas e a Resolução 02/2019, que destrói a formação de professores e o ensino escolar; afirmaram que não há “diálogo” com os reacionários e os representantes do velho Estado, que destroem a educação há anos a colocaram na atual crise, o que inclui seus representantes domesticados no movimento estudantil, como UNE e UBES, que só fazem traficar com a revolta estudantil, utilizando-a para seus mesquinhos interesses eleitoreiros e servindo de camisa de força da luta popular.

Por sua vez, a chapa 2 sustentou o mesmo lenga-lenga, a mesma choraminga oportunista, eleitoreira e pós-moderna, chegando ao absurdo de dizer que “10 mil estudantes não têm força para mudar nada”, sendo que a UEM, contando os estudantes de todos os campi, tem 18 mil alunos, demonstrando seu completo desconhecimento e descrença na força e capacidade do movimento estudantil. Ainda defenderam outros absurdos como a “instalação de mais câmeras de vigilância pelo campus”, quando todos sabem que estas só servem para monitorar a atuação do movimento estudantil, e que “os filhos dos ricos” – forma como chamam os estudantes das várias engenharias, medicina, direito e outros cursos “de elite” (sic) – não deveriam estudar nas universidades públicas, raciocínio similar ao dos oportunistas eleitoreiros e reacionários que querem cobrar mensalidade com base na renda dos estudantes, dividindo-os para impulsionar a privatização da universidade pública.

A diferença entre as chapas foi nítida, arrancando palmas e elogios dos estudantes que participavam e mais apoio à Chapa 1.

A votação para o DCE ocorrerá no dia 05 de setembro, de forma virtual, e há grande expectativa para ver quem será a vencedora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s