[RJ]Estudantes independentes organizam manifestação pela abertura do bandejão no período noturno!

Reproduzido de meprbrasil.wordpress.com

No último dia 30, quarta-feira ocorreu na reitoria da Universidade Federal Fluminense (UFF) em Icaraí um ato exigindo a abertura dos dois bandejões (RU) no período da noite no campus Gragoatá. A universidade que é a maior do Estado do rio em número de estudantes e que tem no Campus do gragoatá a maior parte dos estudantes, já têm durante o período da tarde filas enormes, e durante o período da noite, apenas um dos dois bandejões ficam abertos, impossibilitando os estudantes trabalhadores de comerem, pois as aulas do período da noite começam majoritariamente às 18:00 (meia hora depois que o bandejão da noite abre), ou caso comam, que não assistam uma parte das aulas.

Durante as duas últimas semanas diversos estudantes independentes e diretórios acadêmicos independentes fizeram mobilização com passagens em salas, divulgação em redes sociais, panfletagem, faixas e cartazes convocando para o ato e politizando os estudantes a respeito da necessidade dessa luta histórica na UFF, já que nunca houve na universidade os dois bandejões abertos no período da noite onde estudam a maior parte dos estudantes que trabalham.

Vale ressaltar que a assembleia puxada por Diretórios acadêmicos independentes para decidir os rumos da luta pela abertura do RU no período da noite, se deu durante a campanha de DCE da UFF onde a chapa UJS/Levante que era gestão disputava com a chapa UJC/Correnteza quem prometia mais aos estudantes enquanto ignoravam a assembleia que tratava de dar luta para resolver de fato os problemas da universidade. Nesta assembleia foi tirada a organização do ato e comissões de propaganda, mobilização e uma que seria responsável por escrever um manifesto que seria entregue à reitoria. A assembleia contou com estudantes de diversos cursos, e em todas as falas a luta através da ocupação foi uníssona.

O ato dentro da reitoria foi recebido com hostilidade pelos seguranças da universidade que queriam impedir os estudantes de entregarem o manifesto para o reitor Antônio Cláudio, que os estudantes depois descobriram estar em Brasília recebendo premiações do governo federal. Com muita combatividade os estudantes denunciaram a reitoria por essa política anti povo, denunciaram a falta de assistência estudantil, denunciaram o DCE completamente omisso durante todo esse processo de lutas e defenderam o direito de entrar e permanecer na universidade, e depois de muita persistência o prefeito do Campus recebeu os estudantes que entregaram o manifesto e conseguiram uma reunião com a reitoria na semana seguinte, feito histórico dos estudantes independentes que sempre são recebidos com muita hostilidade pela burocracia universitária.

No dia seguinte pela manhã, menos de 24 horas após o ato, a página oficial do Restaurante Universitário da UFF emitiu um comunicado dizendo que no semestre que vem o bandejão estará aberto no período da noite, uma vitória que só pode ser garantida com luta independente e combativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s