[SP] Estudantes fazem panfletagem no RU denunciando o descaso sanitário

No dia 07/04, o CAEQ organizou uma panfletagem na frente do RU da Unicamp denunciando o descaso sanitário por parte da universidade em relação às trabalhadoras terceirizadas. Algumas semanas atrás, duas terceirizadas do bandejão faleceram por Covid-19, escancarando as mínimas condições de trabalho que não estão sendo garantidas a esses trabalhadores durante a crise sanitária. Demissões, cortes, falta de testagem, vacinas e EPIs adequados. Essa … Continuar lendo [SP] Estudantes fazem panfletagem no RU denunciando o descaso sanitário

Trabalhadores da educação denunciam ataques dos governos durante a pandemia no Rio e em São Paulo

Reproduzido de A Nova Democracia Durante a pandemia, os profissionais da educação (professores, merendeiras, funcionários da limpeza, porteiros dentre outros) seguiram sofrendo todo tipo de precarização. Os atrasos de salários, a falta de repasses e também assédios sofridos pelos profissionais motivaram protestos e manifestações no Rio de Janeiro e em São Paulo. NO RJ, TRABALHADORES ESTÃO COM CINCO MESES DE SALÁRIOS ATRASADOS Funcionários de 203 … Continuar lendo Trabalhadores da educação denunciam ataques dos governos durante a pandemia no Rio e em São Paulo

[PA] Trabalhadores da Educação Realizaram Novo Protesto Exigindo Salários Atrasados em Altamira

Repercutido de A Nova Democracia Trabalhadores da educação realizaram protesto nesta quarta-feira, dia 13, em Altamira, sudoeste do Pará, para exigir o pagamento dos salários atrasados. A manifestação ocorreu em frente a prefeitura da cidade. Cerca de 3 mil servidores municipais entre efetivos e contratados, professores, funcionários de limpeza e infraestrutura de escolas aguardam o recebimento do salário do mês de dezembro. Uma comissão dos … Continuar lendo [PA] Trabalhadores da Educação Realizaram Novo Protesto Exigindo Salários Atrasados em Altamira

Servidores técnicos da Universidade de São Paulo deflagram greve

Repercutido de andes.org.br Servidores técnico-administrativos da Universidade de São Paulo (USP) iniciaram uma greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (9) contra o retorno compulsório dos trabalhadores da universidade às atividades presenciais não essenciais, determinado pelo chamado “Plano USP”. Serão mantidas as atividades remotas. Em assembleia virtual, realizada na última quinta-feira (5), foi deflagrada por ampla maioria a Greve Sanitária, que é quando há um risco … Continuar lendo Servidores técnicos da Universidade de São Paulo deflagram greve